28 jan 2020

Créditos: Divulgação/Zipper Galeria

A Zipper Galeria realiza a 11ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria. Promovido pelo Mapa das Artes, a mostra reúne obras de 10 artistas: Adriano Escanhuela (SP), Aline Chaves (RS); Avilmar Maia (MG); Diego Castro (SP); Fernando Soares (SP); Gustavo Lourenção (SP); Myriam Glatt (RJ); Nilda Neves (BA/SP); Rafael Pajé (SP) e Rosa Hollmann (SP/RJ).

Os artistas foram selecionados por um júri formado por Jairo Goldenberg (galerista do J. B. Goldenberg Escritório de Arte); Marlise Corsato (diretora da Galeria Kogan Amaro) e Renato De Cara (curador independente).

A exposição fica em cartaz até o dia 20 de fevereiro. Confira uma prévia abaixo!

“[a]grid 0619”, 2019
Artista: Diego Castro

 


“Umidus i – fotogramas 18-19-20”, 2019
Artista: Adriano Escanhuela

 

Sem título, 2019
Artista: Aline Chaves

Visite!
11º Salão dos Artistas Sem Galeria
Até o dia 20 de fevereiro

Zipper Galeria
R. Estados Unidos, 1494
Segunda a sexta 10h–19h
Sábados 11h–17h

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)
22 jan 2020

Completando as comemorações do aniversário da cidade de São Paulo, o Paço das Artes  inaugura sua sede definitiva no dia 25 de janeiro, no antigo casarão Nhonhô Magalhães, e inicia a temporada de exposições do novo local com individual inédita de Regina Silveira (artista representada por Luciana Brito Galeria). A instituição ressalta que a escolha por uma artista do sexo feminino faz parte de uma visão e estratégia curatorial que sempre considerou e contemplou a representatividade das mulheres no campo das artes.

Crédito: Divulgação/Paço das Artes
“Limiar”, Regina Silveira. Videoinstalação. Uma das obras que será doada para o Paço das Artes.

Permanecendo em cartaz até o dia 10 de maio, “Limiares” tem curadoria de Priscila Arantes, diretora da instituição, que escolheu o nome da exposição não somente por conta da obra “Limiar”, mas também pela simbologia do significado da palavra, que remete à idéias de começo, de estágios iniciais, como a ocasião especial de inauguração da nova e definitiva sede.

Créditos: Divulgação/Paço das Artes
Maquete da obra “Cascata”, Regina Silveira.

O processo de Regina Silveira muitas vezes apresenta características pensadas para o espaço onde as obras são alocadas, como no caso de “Dobra” e “Cascata”, trabalhos inéditos criados para o Paço das Artes. Ambas as obras se relacionam com a arquitetura do ambiente onde serão instaladas e problematizam as questões da perspectiva, dialogando diretamente com o novo local e explorando sua potência e todo o seu contexto territorial.

Inaugurando também o primeiro acervo de arte contemporânea de São Paulo exclusivamente digital e de obras reprodutíveis, as videoinstalações “Limiar” e “Lunar” serão doadas à institução. Em “Limiar” a artista trabalha a questão plástica da luz. Nela, a palavra “luz” é exibida em 76 idiomas, dilatando-se e virando luz, dando a ideia de pausa, de respiração, da vida que pulsa, do começo. E que, na visão da curadoria, faz alusão à nova vida do Paço das Artes naquele espaço. Já “Lunar” é uma espécie de balé de duas esferas, numa coreografia com luz e sobra, inserida num espaço básico e que brinca com as noções de percepção e perspectiva do observador.

Visite!

“Limiares”, Regina Silveira
Abertura: 25 de janeiro de 2020, das 14h às 20h
Em cartaz até 10 de maio de 2020

Paço das Artes
Rua Albuquerque Lins, 1345
Terça a sábado, das 10h às 20h
Domingos e feriados, 12h às 18h
Entrada gratuita

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)
19 dez 2019

A Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT teve um ano muito produtivo e convida você a acompanhar uma breve retrospectiva das principais conquistas de 2019!

Iniciamos o ano com o projeto piloto do “Visitas a ateliês de artistas”, feito em parceria com a ArtSoul e que possibilitou que o público conhecesse o local de trabalho dos artistas Rodrigo Sassi (Central Galeria), Artur Lescher (Galeria Nara Roesler), Rodrigo Bueno (Central Galeria) e Caio Reisewitz (Luciana Brito Galeria). A edição seguinte, que aconteceu na 2ª metade do ano, foi realizada em parceria com Rosana Naday e contou com mais três visitas: Regina Silveira (Luciana Brito Galeria), Bob Wolfenson (Galeria Millan) e Marina Saleme (Galeria Luisa Strina).

Em outra ação também inédita, os donos de galerias associadas à ABACT abriram as portas de suas casas e mostraram pessoalmente suas coleções para o público do ArtiDot nas “Visitas a casas de galeristas”.

Visita à casa dos galeristas Alexandre Roesler e Renata Castro e Silva

Em agosto, a Associação foi muito bem recebida na Casa de Cultura do Parque para realizar a 3ª edição do Leilão ABACT, que reuniu 30 obras doadas por nossas galerias associadas e seus artistas representados. Além disso, contamos com o professor, pesquisador e colecionador Miguel Chaia e as colecionadoras Juliana Sá e Jessica Cinel na mesa-redonda de abertura “Várias formas de colecionismo”.

Mesa-redonda na abertura do Leilão ABACT 2019

Por meio do programa de capacitação do Latitude – platform for Brazilian art galleries abroad, nosso projeto voltado à internacionalização de galerias, organizamos seis Encontros Temáticos abertos ao público e gratuitos. Um deles foi o “Especial Curadoria”, evento que dedicou um dia inteiro para falar sobre a importância do trabalho do curador e contou com a apresentação da curadora Ana Avelar, primeira selecionada do edital Intercâmbio de Curadores – Pesquisas e práticas curatoriais. Estiveram conosco nessa ação a Além Consultoria e o Estúdio Baile.

Curadora e pesquisadora Ana Avelar durante sua apresentação

Por fim, o Art Weekend São Paulo cresceu com o patrocínio do JK Iguatemi por meio do Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais – Pro-Mac. O evento aconteceu nos dias 8, 9 e 10 de novembro e espalhou pela cidade programações dentro e fora das 46 galerias participantes: Talks com curadoria da Revista seLecT, oficinas para estudantes da rede pública realizadas em parceria com o Educação Pela Arte – EPA, ateliês de artistas do Roteiro de Ateliês e as “Visitas caminhadas” com o coletivo Cartografias Afetivas Urbanas – CAU.

Talk de abertura do artweekendsp 2019 realizado no dia 8/11

A ABACT está orgulhosa das suas conquistas e realizações e agradece ao público que nos acompanha, às galerias associadas e aos nossos parceiros.

Até 2020!

 

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)
27 ago 2019

“Voltaire Fraga, Hoje (entre o ontem e o amanhã)” abre no dia 29/08, às 20h

36 fotografias do baiano Voltaire Fraga estarão em exposição na Roberto Alban Galeria (Salvador, Bahia) de 30/08 a 30/09. Seu olhar instigante, situado entre o artístico e o etnográfico, percorreu os muitos cantos da cidade de Salvador, flagrando o cotidiano do seu povo, suas tradições e festejos, sua espontaneidade nas ruas, sua herança religiosa e cultural.

A curadoria é de Dilson Midlej, doutor em Artes Visuais e professor da Escola de Belas Artes da UFBa. Midlej enaltece o que considera um diferencial no trabalho de Voltaire Fraga: “O que o distingue é justamente o olhar poético denotado em suas narrativas visuais, o universo temático e as preferências estilísticas que tomam forma por meio dos recursos possibilitados pela fotografia (enquadramento, claro-escuro, texturas, filtros, desfocagem da imagem etc.)”, observa.

A exposição abrange: 1. a água e regiões bucólicas da cidade (a Ribeira, o Dique do Tororó, a Praia do Porto da Barra, a Praia do Farol da Barra, os saveiros na Rampa do Mercado etc) 2.A iconografia da cidade: vista da Cidade Baixa com o Elevador Lacerda, Praça Castro Alves, Praça Municipal, Mercado Modelo etc) 3. as festas populares e as baianas e 4. os trabalhadores (feirantes, ambulantes).

Especialmente entre 1930 e 1960, Voltaire Fraga circulou pela cidade com sua câmera Volkslander, de origem alemã, registrando o que lhe tocava a alma. Por isso mesmo, as fotos produzidas, sempre em preto-e-branco, revelam-se de um primor estilístico e conceitual que impressiona. O reconhecimento nacional teve como marco uma exposição realizada em 2009 pela Pinacoteca do Estado de São Paulo, sob curadoria de Diógenes Moura, que reuniu cerca de 100 fotografias do artista.

Voltaire Fraga, Hoje (entre o ontem e o amanhã)
Abertura: 29/08, às 20h
Em cartaz até o dia 30 de setembro
Roberto Alban Galeria
Rua Senta Pua, 53, Ondina, Salvador – BA

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)
23 ago 2019

Exposição coletiva “Chão de Giz” abre no dia 24/08 (sábado), às 11h, e revisita trabalhos icônicos originalmente exibidos na galeria no período de 1974 a meados de 1990

Chão de Giz inicia a celebração dos 45 anos da Galeria Luisa Strina, aniversário que se comemora no dia 17 de dezembro, quando a segunda exposição do ciclo comemorativo será inaugurada. Nesta 1ª etapa, as obras históricas de um pouco mais de 20 anos se somam a outras de artistas que entraram para o time da galeria nos anos 2000, configurando um diálogo diacrônico em torno do tema curatorial: chão de giz.

Um chão de giz – que também poderia ser um chão de carvão – constitui um terreno instável, sobre o qual se transita com alguma hesitação inicialmente. O título da mostra alude, claro, à obra de Cildo Meireles, Cinza (1984/1986), artista cuja trajetória caminha junto com a da galeria, e vice-versa, há quatro décadas. Mas refere-se também ao contexto político e cultural dos anos 1970 no Brasil. Foi sobre um solo instável do ponto de vista da liberdade de expressão que a Galeria Luisa Strina abriu as portas em dezembro de 1974.

Uma leitura alternativa do “chão de giz”, porém, é a do caminho vacilante das novas linguagens que estavam no auge da experimentação no momento em que Luisa Strina fundou a galeria, e que, até então, viviam e se reproduziam “deliberadamente na sombra”. Mesmo com a redemocratização, a “retórica da abertura” não incentivava as “linguagens de abertura”, para usar expressões do debate de ideias do início dos anos 1980. A condição do novo que a arte experimental propunha não agradava a cultura dominante da época, que mantinha “o compromisso do velho-novo”.

A mostra reúne os artistas Antonio Dias, Caetano de Almeida, Carlos Fajardo, Cildo Meireles, Dora Longo Bahia, Edgard de Souza, Fernanda Gomes, Ivens Machado, Jorge Guinle, Leonilson, Luiz Paulo Baravelli, Marina Saleme, Milton Machado, Mira Schendel, Muntadas, Nelson Felix, Nelson Leirner, Regina Silveira, Tunga, Waltercio Caldas e Wesley Duke Lee.

Neste segundo semestre, as mostras comemorativas continuam com individuais de outras pratas da casa: Caetano de Almeida e Brian Griffiths (agosto a setembro); Laura Lima e Matias Duville (final de setembro a início de novembro). A galeria encerra o ano com exposição individual de uma jovem artista britânica, Caragh Thuring.

Chão de Giz
Abertura: 26/08, às 11h
Em cartaz até o dia 14 de novembro
Galeria Luisa Strina | anexo
R. Pe. João Manuel, 974A

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)
20 ago 2019

A 13ª edição da SP-Foto – Feira de Fotografia de São Paulo acontece de 21 a 25 de agosto no Shopping JK Iguatemi. 

Güler Ates, “Golden yellow” (2013) | Luciana Caravello Arte Contemporânea

Das 33 galerias, 16 são associadas à ABACT: Galeria Bolsa de Arte, Dan Galeria, Fortes D’Aloia & Gabriel, Galeria da Gávea, Galeria Leme/AD, Galeria Lume, Galeria Marcelo Guarnieri, Janaina Torres Galeria, Luciana Brito Galeria, Luciana Caravello Arte Contemporânea, Mendes Wood DM, Portas Vilaseca Galeria, Silvia Cintra + Box4, SIM Galeria, Vermelho e Zipper Galeria.

SP-Foto 2019
Visitação: 22 a 24/08/19, 14h-21h; 25/08/19, 14h-20h.
Shopping JK Iguatemi
Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo. Entrada gratuita

Confira abaixo a preview das obras

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)
05 ago 2019

Programe-se: Abertura da exposição com as 30 obras doadas pelas galerias no dia 10/08, às 11 horas, conta com mesa sobre colecionismo de arte mediada pelo professor e colecionador Miguel Chaia 

Lista de obras disponíveis: https://bit.ly/2YGtbhY

 

A Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT promove leilão de arte no dia 13 de agosto, terça-feira, às 20h30 na Casa de Cultura do Parque, reunindo 30 obras em diversos suportes, doadas por 29 galerias associadas. O Leilão ABACT 2019 será conduzido pelo leiloeiro Aloisio Cravo e sua exposição tem início no dia 10 de agosto, sábado, com a realização de uma mesa-redonda sobre várias formas de colecionismo de arte com Jessica Cinel e Juliana Sá, com mediação do professor, pesquisador e colecionador Miguel Chaia.

“O Leilão ABACT 2019 se soma a um conjunto maior de ações da associação para o custeio e o fortalecimento de sua missão na promoção da arte contemporânea brasileira tanto no Brasil quanto no exterior”, declara Luciana Brito (Luciana Brito Galeria), presidente da associação que reúne 46 galerias de arte em 7 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Conheça a lista de obras disponíveis: https://bit.ly/2YGtbhY

Artistas participantes:

Ana Mazzei, Bruno Vilela, Caio Reisewitz, Chiara Banfi, Dalton Paula, Daniel Senise, Denise Milan, Eduardo Haesbaert, Fabiano al Makul, Feco Hamburger, Frantz, Galeno, Heleno Bernardi, Isabelle Borges, Judith Lauand, Lais Myrrha, Laura Lima, Luiz Zerbini, Mano Penalva, Nelson Leirner, Pedro Varela, Roberto Burle Marx, Rodrigo Sassi, Santídio Pereira, Sergio Lucena, Silvia Mecozzi, Tatiana Stropp, Thomas Schönauer, Vanderlei Lopes e Vânia Mignone.

Galerias associadas participantes:

Anita Schwartz Galeria de Arte, Galeria Athena, Galeria Berenice Arvani, Bergamin & Gomide, Galeria Bolsa de Arte, Carbono Galeria, Casa Triângulo, Central Galeria, Dan Galeria, Galeria Eduardo Fernandes, Galeria Estação, Fortes D’Aloia & Gabriel, Janaina Torres Galeria, Galeria Jaqueline Martins, Galeria Karla Osorio, Galeria Kogan Amaro, Luciana Brito Galeria, Galeria Luisa Strina, Galeria Lume, Galeria de Arte Mamute, Galeria Marilia Razuk, Galeria Nara Roesler, Portas Vilaseca Galeria, Galeria Raquel Arnaud, Sé, Silvia Cintra + Box4, Vermelho, Ybakatu e Zipper Galeria.

Parcerias: Embra Arts (Transportadora oficial), Casa de Cultura do Parque, Aloísio Cravo | Arte e Leilões, Chandon, Gocil – segurança e serviços, Affinité, Centrográfica e Tati Parente Bolos Orgânicos

 

Serviço:

Leilão ABACT 2019 – leiloeiro: Aloísio Cravo

Terça-feira, dia 13 de agosto, às 20h30 horas

 

Exposição das obras leiloadas:

Abertura: sábado, 10 de agosto, às 11 horas, com Mesa-redonda sobre colecionismo

Inscreva-se para a mesa-redonda aqui: CLIQUE AQUI

Convidados: Jessica Cinel e Juliana Sá, com mediação de Miguel Chaia

Visitação: 10 a 13 de agosto

 

Casa de Cultura do Parque

Av. Professor Fonseca Rodrigues, 1300 – Alto de Pinheiros – São Paulo

Horário de funcionamento: de quarta a sexta, das 11h às 19h, e sábado e domingo, das 10h às 18h

 

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)
25 jul 2019

Prepare-se: dia 6 de agosto, terça-feira, das 10 às 17 horas. Curadoras e galeristas participam de encontro sobre curadoria, mercado e fomento das artes, comentando e apresentando resultados da 1ª edição do Intercâmbio de Curadores, uma oportunidade de pesquisa no Getty Research Institute (Los Angeles, EUA)

Encontro Temático sobre galerias e plataformas digitais. Foto: ABACT

Inscrições aqui: www.sympla.com.br/encontro-tematico-abact__591940

O projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroadpromove no dia 06 de agosto, terça-feira, das 10 às 17 horas, na Unibes Cultural, em São Paulo, o evento “Especial Curadoria – Encontro Temático + apresentação: Intercâmbio de Curadores”. Dividido em duas partes, na primeira contará com a orientação das pesquisadoras Ana Leticia Fialho Monica Novaes Esmanhotto para o Encontro Temático “Práticas curatoriais em galerias de arte”.Encontro traz a curadora independente Alexia Tala para falar sobre a presença do curador nas galerias e em projetos institucionais e suas implicações no mercado nacional e internacional.

A segunda parte do evento tem como foco o projeto Intercâmbio de Curadores – Pesquisas e práticas curatoriais, iniciando-se às 14h30 com a mesa sobre editais, bolsas e prêmios de fomento à formação de curadores brasileiros. Dela participam as curadoras convidadas Priscila Arantes (diretora do Paço das Artes, professora da PUC-SP e representante do júri da 1ª edição do Intercâmbio de Curadores) e Idurre Alfonso (curadora associada para arte latino-americana do Getty Research Institute), as galeristas Alessandra D’Aloia (Galeria Fortes D’Aloia & Gabriel) e Luciana Brito (presidente da ABACT e diretora da Luciana Brito Galeria), e da coordenadora de programação cultural do Goethe-Institut São Paulo Yara Castanheira.

A palestra com Ana Cândida Avelar começa às 16 horas, quando a curadora e professora da Universidade de Brasília – UnB, selecionada na 1ª edição do Intercâmbio de Curadores, fala de sua pesquisa de dois meses no Getty Research Institute (Los Angeles, EUA), trazendo relatos e imagens de sua experiência.

Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad

É um programa desenvolvido por meio de uma parceria firmada entre a Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil, para promover a internacionalização do mercado brasileiro de arte contemporânea. Criado em 2007, conta hoje com 46 galerias de arte do mercado primário, localizadas em sete estados brasileiros e Distrito Federal, que representam mais de 1000 artistas contemporâneos. Seu objetivo é criar oportunidades de negócios de arte no exterior, fundamentalmente através de ações de capacitação, apoio à inserção internacional e promoção comercial e cultural.

Serviço:

Especial Curadoria – Encontro Temático + apresentação: Intercâmbio de Curadores

Data: 06 de agosto de 2019, terça-feira, das 10h às 17 horas
Local: Unibes Cultural
Endereço: Rua Oscar Freire, 2500 – São Paulo – SP
Tel.: (11) 3065 4333
Inscrições: https://www.sympla.com.br/encontro-tematico-abact__591940

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (2)
23 jul 2019

Prepare-se: “Acordo” fica em cartaz até o dia 27 de julho na Rua Bento Freitas, 306, São Paulo

Na mostra individual de Mano Penalva são reunidos trabalhos produzidos entre 2018 e 2019, construídos a partir de um olhar sobre as coisas do mundo, do gesto e da circulação de mercadorias nas ruas. Materiais e objetos são arranjados, estruturados ou encostados a partir de um deslocamento considerado como um estado normal; panos, cintos, sacolas, objetos ordinários e gestos são reorganizados como fragmentos de uma composição precisa.

Para “Acordo”, foram produzidos dois trabalhos que levam o nome da exposição: uma canção de trabalho, produzida em parceria com o cantor Paulo Neto; e um vídeo, em parceria com o diretor Di Rodrigues e participação dos artistas Fernanda Pavão e Moisés Patrício.

Sem Título (série Tramas). 2019. Palhinha, algodão, tacha e prego. Dimensões 44 x 33 x 4 cm. Central Galeria, São Paulo

Parte das esculturas vem do olhar para gestos e práticas do comércio informal, dos vendedores de rua, e tem seus nomes no diminutivo como “Palhinha”, “Melzinho” e “Quentinho”, estabelecendo também uma relação com a fala coloquial e sua afetividade. “Quentinho” consiste em um suporte para cones de papel recheados de amendoim, onde o expectador tem a possibilidade de adquirir uma peça com o aditivo da “sorte grande” por um valor simbólico, já que um deles contém um amendoim feito em ouro.

Melzinho. 2019. Garrafas de vidro, mel e vidro dourado. Dimensões 60 x 170 x 80 cm. Central Galeria, São Paulo

O trabalho de Mano Penalva parte do estudo da cultura material, mudanças de comportamento e efeitos da globalização. Sua produção é deliberadamente não-representativa, permitindo que os materiais e objetos ditem a forma e se unam quase que por conta própria a partir de um desejo de existirem no mundo. O artista explora a poesia obtida pelo deslocamento dos objetos de seu contexto cotidiano, trabalhando com diferentes mídias como pintura, fotografia, escultura e instalação. Ao criar os trabalhos, subverte o valor dos objetos do cotidiano, propondo novos agrupamentos estéticos a partir da relação das estratégias de venda do varejo e das suas experiências de coleta!

Cintura. 2019. Cintos e ferro. Dimensões 124 x 60 x 27 cm. Central Galeria, São Paulo

Os artistas representados pela galeria são: Bruno Cançado, C. L. Salvaro, Gabriela Mureb, Gisele Camargo, Gretta Sarfaty, João Trevisan, Mariana Manhães, Mano Penalva, Ridyas, Rodrigo Martins, Rodrigo Sassi e Simone Cupello.

A Central Galeria participa regularmente de feiras de arte brasileiras como a SP-Arte, SP-Arte/Photo, Art Rio e Parte. Desde 2011, atua no mercado internacional a partir das feiras: Moving Image (Istambul, Turquia), Art Basel Miami Beach (Miami, EUA), ArteBA (Buenos Aires), ArteBO e Odéon (Bogotá, Colômbia), Artissima (Turim, Itália) e Untitled (Miami, EUA).

Imagem do topo do texto: Mano Penalva. Quentinho. 2019. Amendoim, papel, ferro e ouro. Dimensões 50 x 40 x 40 cm

 

Central Galeriawww.centralgaleria.com

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)
12 jul 2019

Prepare-se: Projeto Latitude reúne galeristas e especialistas em São Paulo para discutir a dinâmica de atuação das galerias de médio porte. Inscrições aqui: https://www.sympla.com.br/encontro-tematico-abact—julho__572020

Último Encontro Temático, realizado em junho, sobre galerias e plataformas digitais. Foto: ABACT

O projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad promove no dia 16 de julho, terça-feira, das 10 às 13 horas, na Unibes Cultural, em São Paulo, o encontro temático “Especificidades e desafios das galerias de médio porte”, que reúne representantes de galerias de médio e grande porte para discutir os desafios de gestão de negócios. O encontro é gratuito e conta com a orientação da pesquisadora Ana Leticia Fialho e de Monica Novaes Esmanhotto.

Participam do evento representantes de galerias associadas à ABACT:  Yannick Carvalho, diretora da Galeria Raquel Arnaud, mestre em “História da Arte” pela Université Paris-Sorbonne (Paris IV), com pós-graduação em “Gestão de Organizações do Terceiro Setor” pela Fundação Getúlio Vargas; Akio Aoki, diretor de assuntos internacionais da Galeria Vermelho, formado pela London Business School, com experiências profissionais em marketing na MTV Brasil, Toyota do Brasil e na PSA Peugeot Citroën; e Christiano Lima Braga, atual coordenador da Unidade de Difusão, Bibliotecas e Leitura (UDBL) da Secretaria de Cultura  e Economia Criativa do Estado de São Paulo e ex-Gerente de Exportações da Apex-Brasil.

Ana Leticia e Monica estabelecem dois eixos de discussão, quais sejam: as internalidades, questões ligadas à realidade das galerias como gestão de recursos humanos (profissionalização e atualização do quadro de funcionários e colaboradores, contratação de serviços terceirizados, etc), gestão de recursos financeiros (acompanhamento empresarial, ferramentas de controle etc), infraestrutura das galerias e internacionalização (acesso às principais feiras, construção de redes de relacionamento abrangentes); e as externalidades, circunstâncias alheias à realidade das galerias que, contudo, impactam a condução dos negócios como, por exemplo, formação de público, pertencimento a um circuito mais amplo da arte e o contexto econômico onde a galeria se insere.

A série de cinco encontros temáticos que se encerra faz parte do programa de capacitação do Projeto Latitude iniciado em 13/03 com o  “Encontro temático sobre importação e exportação de obras de arte”; seguido por “Condo: uma experiência de parceria entre galerias” em 16/04; “Ambiente cultural e de negócios na China: oportunidades e desafios”, em 14/05; e “Galerias de arte e plataformas digitais: do institucional ao comercial”, em 18/06.

Serviço:

Encontro temático: “Especificidades e desafios das galerias de médio porte”
Data: 16 de julho de 2019, terça-feira, das 10 às 13 horas
Local: 
Unibes Cultural
Endereço: Rua Oscar Freire, 2500 – São Paulo – SP
Tel.: (11) 3065 4333
Inscrições: 
https://www.sympla.com.br/encontro-tematico-abact—julho__572020

Postado por ABACT
COMENTÁRIOS (0)